Como investir em Ações na Bolsa de valores (BM&F Bovespa), Opções, Investimentos, Análise Técnica: análise técnica, como investir na bolsa de valores (Bovespa)

Quem opera com gráfico de linha no mercado financeiro percebe, sem muito esforço, que os preços variam formando suportes e resistências. Apesar dessas mudanças serem aleatórias, é notável a consistência desse comportamento. Além disso, é interessante...

Opero no mercado financeiro todos os dias. Sou aficionado por jogadas rápidas. Sigo o alinhamento, obedecendo a tendência mais próxima do meu tempo de operação. Observo os suportes nas compras e respeito as resistências nas vendas dentro dos períodos que escolho para operar. Não tem como errar...

Quem opera com gráficos sabe que entrar nos suportes e sair nas resistências segue o preceito de se comprar barato e vender caro. Mas isso só é verdadeiro quando a tendência for...

Peço imensas desculpas aos meus leitores por usar um título tão irônico e vulgar. Com certeza, ele já foi repetido por muitos em muitos lugares. Mas a força dessa ironia nem é elíptica nem metafórica, ela é real e direta. O mercado está repleto de arrependidos. O pior de tudo é que muitos estão se precipitando e vendendo suas ações. Estes vão amargar por muito tempo a tristeza da decisão.

Risco e incerteza fazem parte de todos afazeres e no mercado financeiro não há exceção. Não temos bola de cristal e nem metodologia que possam prever o futuro dos preços das ações. Entretanto, podemos...

Nesta nota vamos analisar como num dia de operação o investidor pode aumentar os ganhos num montante que daria inveja a qualquer robot dos “High frequence traders” – jogadores de alta frequência.

Acima de tudo, precisamos controlar nossas emoções. O controle da emoção, talvez, seja o método mais efetivo para se obter bons resultados no mercado financeiro ou em qualquer outro tipo de atividade econômica

O alinhamento automático, sobre o qual já escrevi algumas notas neste portal, aumenta a precisão das jogadas e revela oportunidades com mais clareza do que a intuição ou o uso dos gráficos a revelia das retrações e pequenos movimentos subjacentes a tendência geral do mercado. A grande vantagem é revelar quando os preços estão apenas se movimentando dentro de uma retração ou se estão seguindo alinhadamente a tendência daquele momento

Caros amigos, recebi uma pergunta de um leitor sobre o controle dos riscos no mercado financeiro. Especificamente, sobre o uso de “stops.” A melhor forma de controlar os riscos é saber quando entrar e quando sair...

Hoje, 4 de abril de 2013, decidi relembrar meus amigos leitores de que a partir deste mês, iniciamos um período longo, sem muitas interrupções, para se operar no mercado financeiro. Existem, e aparecerão, muitas oportunidades boas para quem deseja operar no curto prazo com ativos outros além de ações...

A economia e as condições do mercado asseguram o sucesso quando administramos bem os ativos. Não adianta ganhar na bolsa ou em outros negócios, acumulando lucros mas, esquecendo de realizá-los. Quanto mais fraca for...
Somos fascinado pelo o sucesso. A força psicológica da vitória é tão grande que exageramos os ganhos e escondemos as perdas nas bolsa de valores e em outros afazeres. Embora a realidade numérica seja outra, pois em todos campos de atividades existem mais perdedores do que ganhadores; mesmo assim, não gostamos de lembrar das perdas...
No último artigo dessa serie, discutimos as dificuldades dos pequenos operadores no mercado de ações. Os mercados e todas as economias do mundo estão dominados por grandes organizações. Essas tem poder pra tirar muitas vantagens...

Quem opera o mercado financeiro e usa gráficos para analisar ativos, sabe como é frustrante determinar a direção dos preços. A confusão emana do desejo de examinar os gráficos em diferentes períodos. Sabemos que um gráfico visto com velas de um determinado tempo, pode indicar uma direção diferente daquela com velas de outro período...

Qualquer metodologia deve fazer parte de uma estratégia clara e congruente com as características do operador. Não adianta complicar aquilo que por natureza é simples, veja como elaborar uma estratégia vencedora.

 
Publicidade

Quem opera o mercado financeiro e usa gráficos para analisar ativos, sabe como é frustrante determinar a direção dos preços. A confusão emana do desejo de examinar os gráficos em diferentes períodos. Sabemos que um gráfico visto com velas de um determinado tempo, pode indicar uma direção diferente daquela com velas de outro período...

Faça simulações, projeções, acompanhe e gerencie operações com opções. Com essa ferramenta você tem total controle sobre suas posições de forma descomplicada e eficiente.

Esse indicativo pode nos chamar a atenção para algum ativo com boa formação de suporte ou resistência, criando possibilidades de compra ou venda.

Considero o alinhamento automático a forma mais segura para entender o movimento dos preços das ações. No último artigo desta série prometi que usaria alguns gráficos para ilustrar essa metodologia. Alinhando os movimentos com os gráficos, podemos eliminar as contradições que muitas vezes ocorrem entre os movimentos de preços de períodos diferentes e enganam o operador.

A frase de Charles Dow, “a tendência é tua amiga”, definiu para sempre como se deve operar num mercado de movimentos aleatórios ou incertos. Infelizmente, muitas vezes, a tendência do mercado contraria nosso desejo de operar a qualquer momento, como se o mercado estivesse sempre favorável a nossa pretensão de comprar ou de vender...