Players da venda dão trégua e realizam nessa semana, mercado respira.

TradingView

Mercado doméstimo reage positivamente nessa quinta-feira, junto com mercado externo, seguido de fortes baixas ocasionados por incertezas no cenário inflacionário Americano e de produção e suprimentos da China.

Leo Senger

Ações da Via Varejo tentaram em março começar a trabalhar acima das médias de 21 e 50 no diário. Agora recuaram e estão testando o fundo, apresentando alguma divergência no IFR. Pode ser que esteja nos últimos movimentos baixistas. Não vejo problema em perder o fundo, desde que mantenha a configuração de divergência no IFR.

Depois para acreditar na possibilidade de virada, gostaria de ver os preços voltando a trabalhar acima das médias de 21 e 50 no diário. Para termos um número, acima de R$ 3,79 (20% do patamar atual). Um ponto de atenção é a trajetória do índice do setor de consumo BMFBOVESPA:ICON que sugere estar em um padrão de bandeira de baixa. Acho este índice muito abrangente e VIIA3 tem peso pequeno, por outro lado há muito movimento em conjunto na B3. (Veja a análise na íntegra).

Macd Bollinger

Agora, temos um pivô de baixa formado e confirmado no gráfico semanal do Ibov futuro, e o mesmo, atingiu seu primeiro alvo em 112,2K. O segundo alvo está em 108,3K e o último em 105,9K. Caso os preços não percam a região do segundo alvo em 108,3K, grandes chances de repique com destino em 116K.

Será que voltaremos as origens e testaremos novamente a tão temível região dos 100/105k? Graficamente falando, e baseando-me em SETUPs, esse é o provável destino dos preços.

Para quem gosta de médias, os preços estão trabalhando abaixo de todas elas, demonstrando força dominante dos ursos. E para quem gosta de notícias, estamos cheios, e a cereja do bolo são as notícias relacionadas as eleições e principalmente a queda de braços entre STF e o Presidente.

Se os preços não perderem a região dos 108,3K, temos a possibilidade demonstrada no gráfico abaixo! (Ver mais sobre Índice Futuro).

Caio Sampaio

A WEG está no dia de evento Lucros & Receitas. Como a divulgação do balanço foi antes da abertura do mercado, registrou lucro líquido de R$ 943,9 milhões no primeiro trimestre de 2022, uma alta anual de 23,5%. Apesar dos sinais técnicos estarem apontando para um viés de baixa forte, o valor superou os R$ 894 milhões esperados pelo mercado.

Uma boa oportunidade agora é aguardar o ponto de gatilho, pois caso ela perca o último suporte, a relação Risco Retorno está favorável, buscando o último fundo. Mas caso o mercado confirme o balanço como ‘bom desempenho’, o ativo pode buscar as MME20 e MME72, que andam juntas no meio do KC. (Análises sobre WEG).

WendelCL

A BDR da empresa Berkshire Hathaway, holding de investimentos comandada por Warren Buffett, poderá buscar o nível acima, na casa dos 88,52. ADX acima do 32, em linha reta , mostra força. Didi agulhando, uma leve divergência no IFR e estocástico e Trix já comprados. Gostaria que o preço retornasse a região do 23 (81,85) para realização de teste, para depois seguir o seu caminho. (Veja o gráfico dinâmico).

Disclaimer: As análises aqui apresentadas são apenas estudos. Elas não são recomendações de investimento, nem de compra nem de venda, tampouco refletem a opinião do veículo de mídia na qual estão sendo divulgadas. São estudos direcionados a pessoas com conhecimento e experiência no mercado financeiro.

Nossos Autores: Leo Senger CNPI-TMACD_BollingerCaio Sampaio e Wendel CL.

Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Próximo Post

Semana começa acentuando quedas de sexta-feira.

Mercado começa Maio com o pé esquerdo, acentuando a queda forte de sexta-feira, o último pregão de Abril. A incerteza e as expectativas com o tom Hawkish do FED e os lockdowns na China vem mexendo muito com os investidores, trazendo volatilidade para os pregões. YYan O Mês de Abril […]
 loading loading