Day Trade com a Tendência

Professor Metafix

Sabemos que a tendência é nossa amiga, nas palavras de Charles Dow. Todavia,  como já ressaltei algumas vezes, a tendência de Charles Dow era baseada em intervalos diários. Isto é, nesse tipo de intervalo, não vamos ver como os preços se comportaram no intraday. Para se operar o intraday, precisamos obedecer uma tendência com mudanças de preço bem mais curtas. Assim, não há como operar no day trade ou intraday usando tendência diária. Todavia, quando mudamos para intervalos curtos, como um minuto, cinco minutos ou outro intervalo curtíssimo, podemos operar com bastante segurança como se estivéssemos seguindo uma tendência longa de dias e horas.

Observando os movimentos dos preços podemos observar que, os intervalos de tempo não alteram o comportamento das tendências; todas formam suportes e resistências. Assim, podemos operar com tendências de minutos, mesmo quando estas forem contra a tendência maior, como já ressaltei noutra nota que deixei aqui. 

Dow ficaria horrorizado, ouvir alguém dizer que fez uma compra seguindo um gráfico de 5 minutos, quando o movimento diário mostra o preço caindo. Nesse caso, teríamos alguns problemas para explicar ao Dow que uma tendência de alta, num gráfico de 5 minutos, representa apenas um contra movimento que fica escondido dentro do gráfico diário. Isto é, os gráficos baseados em medidas longas, como o diário, comprimem tanto o espaço que não conseguimos identificar com clareza as mudanças de curta duração. 

Assim, podemos ver um gráfico baseado num intervalo longo, de dias ou até de horas, não consegue revelar mudanças que ocorrem em intervalos bem curtos, como os de um, ou de cinco minutos; embora estes sejam significantes para o day trader.

Ora, sabendo que as tendências são iguais em comportamento, elas apenas mostram a direção dos preços. Além disso, todas produzem ondas, criando suportes e resistências, assim, podemos operar com qualquer uma. Isto é, se existem suportes e resistências em todas tendências, independente dos intervalos que usamos para calcular as mudanças de preço, podemos aproveitar esses pontos para entrar e sair comprando e vendendo.

 É importante lembrar de que uma operação baseada num gráfico diário vai levar mais tempo para se formar do que num movimento de períodos mais curtos, como o de 5 ou de 15 minutos. Entretanto, se a recomendação técnica é aproveitar os suportes para comprar e resistências para vender, o intervalo da tendência não altera a recomendação. Elas apenas indicam quanto tempo devemos ficar numa operação; Num gráfico diário precisamos ficar posicionados por vários dias, mas num gráfico de minutos, só precisamos de alguns minutos para completar uma jogada. Portanto, se obedecermos a tendência como Charles Dow recomendou, podemos operar sem ajuda adicional de qualquer indicador ou padrão gráfico. Basta aproveitar os suportes ou fundos para comprar nas tendências de alta, e os pivôs para vender nas tendências de baixa. Boa sorte! 

Prof. Metafix, Wisconsin, 11 de novembro de 2021.

Professor Metafix
Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Próximo Post

Administrando as Jogadas com Análise Técnica

Homens pragmáticos, que se consideramIsentos de influências intelectuais, terminam escravos de algum economista defunto, J. M. Keynes Quando estava terminando meu mestrado na Universidade de Wisconsin, em 1969, li um artigo de Charles Lindblom, intitulado, The Art of Muddling Through. Nunca esqueci desse artigo porque não entendi nada quando li a primeira […]
 data-srcset data-srcset