Buscando as médias móveis das curvas de juros e de achatamento do COVID-19

Operador da Madrugada 1

Certa vez Mattelart escreveu sobre Voltaire e os iluministas o seguinte pensamento “Um dia tudo estará bem, eis a nossa esperança. Tudo está bem agora, eis a nossa ilusão!”

Entre a esperança e a ilusão, o presente e o futuro, por hora vale lembrar do passado.

E como o negócio é jorrar dinheiro pra todo mundo, fica a lembrança de JP Morgan, jogando cédulas de dinheiro aos operadores em pleno pregão em Wall Street.

Atitude que deixou em quarentena a crise econômica, antes de eclodir em 1929.

No mesmo rumo, o Brasil seguirá a cartilha.

Independente que mais de 75% do PIB sejam para pagamento de juros da dívida. Afinal, ainda há margem para chegar até os 100%.

Para que o papel moeda ainda possa ser contado, ao invés de pesado, e postergando a quarentena da inflação, já se vislumbra uma nova emissão de títulos públicos federais.

Algo que seja de trilhão pra cima, já que estamos falando de um país continental.

Na situação de calamidade, a ação sequer afeta o grau de investimento do país, que a esta altura, é um mero detalhe.

Cientes da regra do jogo, ex-ministros da fazenda e ex-presidentes do Banco Central, dão depoimentos convincentes, já que podem estar com eventuais operações estruturadas posicionadas na ponta vencedora.

O único detalhe que faltava, veio com um ‘exclusiva’ entrevista do ministro do ‘privatiza tudo’, que levou as favas seu histórico de ‘liberal’.

Afinal, utilizar as Instituições Financeiras estatais para dar liquidez ao já inflado e enrijecido mercado de crédito privado, reacende a chama da esperança, que de fato, é ilusão.

Porém nada mais firme e sólido do que o endosso do ministro e do presidente do Banco Central, que, ao menos, poderão deixar seus nomes nomes escritos na história.

Mesmo que seja apenas nas novas cédulas que vão circular pelas terras tupiniquins.

‘Se o mercado vai pra cima ou pra baixo, não interessa. Interessa somente que você esteja do lado certo’

Compartilhe

Comentários sobre “Buscando as médias móveis das curvas de juros e de achatamento do COVID-19

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Próximo Post

Bandeiras e Flâmulas

O que é e como analisar esse padrão de formação gráfica.

Bandeiras e FlâmulasBandeiras e Flâmulas