Resultados animadores durante essa semana na B3

Coluna TradingView

Semana com vários resultados positivos para empresas do mercado. Ibovespa também reagiu bem, o VIX segue em suporte. Confira o que os analistas do TradingView estão  pensando.

Paulo Tedesco

Indice Bovespa respeita milimetricamente forte resistência horizontal na faixa dos 105.600 pontos, região de topo anterior. Podemos notar que acima desta região temos a ocorrência de sombra, indicando força vendedora entrando em ação.

Agora temos a formação de um harami de baixa, sendo a “filha” um pequeno “pinbar” (Pinochio Bar) de nariz para cima, acima do nariz é compra (justamente o rompimento da resistência) e abaixo da metade da sombra inferior é venda.

O benchmark tem médias móveis e hiloactivator comprados, mas já tem muito afastamento da média móvel mês (mme20). Após forte rali de alta, seis pregões de alta em sequência, é normal um movimento corretivo, ainda mais testando forte região de resistência.

No curto prazo visualizo correção baixista, por isso viés de baixa. (veja o gráfico dinâmico).

Edson Henrique Santos

gráfico VIX, mas conhecido como índice do medo, se encontra em uma faixa importante de suporte, o preço chegou muito próximo do menor valor último fundo, mas não tão fundo quanto o período de fevereiro. Se perder o fundo imediato temos outra região de suporte em torno de 20,50 e 21,50.

Ainda teremos pela frente algum momento de incerteza, apesar da vitória de Biden , penso que ainda não estamos livres de volatilidade do mercado, teremos que aguardar os próximos movimentos para saber se o VIX continuará caindo, permitindo a bolsa a uma nova disparada, novos topos, ou se continuaremos com a volatilidade até pelos menos janeiro, quando teremos de fato o Biden assumindo a cadeira presidencial dos EUA. (veja o gráfico dinâmico).

Henrique Shmoller

O preço ITUB4 esta em uma região de resistência que se formou após uma forte queda e foi tocada por três vezes antes de iniciar um movimento de baixa, preço subiu forte chegando a ultrapassar o ultimo candle dos 28,53.

Caso o preço tenha força para romper essa região, podemos ainda esperar uma nova correção (pullback) e em seguida o alvo nos 32.00, uma região que foi suporte por várias vezes em 2019, sendo rompido no começo de 2020.

As médias de 100 e 200 começam um leve sinal de apontamento para cima, o que nos indica que o preço esta em um crescimento, mesmo que moderado, a algum tempo. (veja o gráfico dinâmico).

Lucsmlo

A ação Taesa abriu uma movimentação de alta nos últimos dias ativando um pivot no gráfico diário, podendo assim ser projetado alvos de fibonacci. Preços sentiram a resistência do topo histórico em 10.31, sinalizando uma possível realização de lucros dos comprados e iniciando uma possível correção para tomar força novamente e ir buscar o próximo alvo de fibo em 161.8% (veja o gráfico dinâmico).

Disclaimer: As análises aqui apresentadas são apenas estudos. Elas não são recomendações de investimento, nem de compra nem de venda, tampouco refletem a opinião do veículo de mídia na qual estão sendo divulgadas. São estudos direcionados a pessoas com conhecimento e experiência no mercado financeiro.

Nossos Autores: Paulo C. TedescoEdson SantosHenrique ShmollerLucsmlo.

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Próximo Post

Terça-feira de mercado tenso na B3

Incertezas da crise do COVID permanecem paerando no ar, setores de turismo e varejo sofrem. Discussões internas trazem alguma volatilidade para o mercado nacional. Confira o que estão pensando os analisas do TradingView. Edson Santos No gráfico diário do Indice Bovespa, podemos verifica uma grande resistência na altura 106K, que coincide […]
 data-srcset data-srcset