Semana mais curta mas com muitos indicadores financeiros e alta expectativa

TradingView

Semana com dados de inflação no Brasil e também reunião de política monetária dos Estados Unidos. Vale lembrar que quinta-feira é feriado nos EUA e a liquidez diminuí, semana mais curta.

Felipe Fiuza

O ativo vem de tendência de baixa (formação recente da média móvel de 200 períodos logo acima do preço em 12,76) com mm20 descendente.

Vem respeitando a Linha de Tendência de Baixa (linha azul) e se confirmar sua resistência é provável que vá testar o fundo do dia 17/11 em 11,67. Perdendo esse patamar, veremos a formação de um Pivot de Baixa que nos abre alvos para quedas no fundo em 10,72 e depois em 10. 40 , 9.61 e em 8.34 (alvos obtidos pela Expansão de Fibonacci da perna de baixa formada entre os dias 11/11e 17/11) e por último temos como alvo o fundo em 7,29.

Caso o preço supere a LTB e respeite as médias como suporte, temos o topo do dia 11/11 como alvo mais curto em 13,73. Caso o preço rompa o topo, veremos a formação do Pivot de alta nos abrindo alvos em 15.00, região de 15.70 e 16,80 (obtidos pela expansão e espelhamento de Fibonacci das pernas de impulsão e correção do possível Pivot de alta).

Devemos nos atentar em caso de cenário altista, para regiões de possível resistência (não desenhado no gráfico) nos patamares da Retração de Fibonacci do movimento que originou a LTB em 13,50 (coincidindo com o topo anterior), 14,36 (50%) e em 15,22(61,8%). (Ver análise na íntegra).

Filipe Ramos

Onde o mercado está buscando abrigo na crise? IBOV fez sua máxima em junho e de lá pra cá deu pouca alegria aos comprados. Mas como o mercado se comportou num cenário de queda, pra onde o dinheiro flui quando a perspectiva é pessimista? Ou de onde o dinheiro mais fugiu?

O gráfico mostra todos os principais índices setoriais da bolsa ponderados pelo próprio IBOV . A referência é justamente a máxima do IBOV em junho. É possível notar que os setores de utilidades e energia desempenharam muito melhor que o IBOV . Surpreendentemente, o setor industrial também desempenhou melhor que o IBOV . A decepção fica por conta do setor financeiro teve um desempenho neutro em relação ao IBOV . Na verdade não é de se estranhar muito já que o IBOV é muito “bancarizado”.

No ponta do Titanic que já está debaixo d’água, temos o setor de materiais básicos puxado principalmente pela Vale e seus satélites, consumo puxado pelas varejistas destaques de queda das últimas semanas, as smallcaps que merecem um estudo a parte e o pior de todos, o setor Imobiliário que sofre um compressão dupla com a alta da selic: diminuem as venda e aumentam custo de construção.

Essa análise mereceria muito mais comentários do que temos tempo e espaço aqui. Mas ela mostra que o mercado está buscando, ou pelo menos não está fugindo, (d)os setores que tem margens mais altas e receitas mais constantes. Bem isso parece óbvio, e na verdade é. O mercado está buscando os setores defensivos. Mas agora temos a evidência científica disso. Uma análise cuidadosa de cada setor mencionado pode ajudar muito no stock picking e ser a diferença entre um 2022 vencedor ou um 2022 em que você irá culpar a política pelo desempenho ruim da sua carteira cheia de empresas ruins. (Veja o gráfico dinâmico).

Jose Renato CNPI-T

A análise do IBOV ainda fica com uma tendência secundária de baixa muito definida pelo canal largo, após a violação do nível do 107k o ativo se consolidou, porém a pressão de venda ainda é dominante. Para posições de curto e médio prazo para qualquer ativo com correlação positiva ao IBOV as melhores oportunidades ainda são de venda.

O próximo nível de liquidez interessante para o ativo será abaixo dos 100k, caso o ciclo não se altere existe uma boa possibilidade da continuidade do canal de baixa. (Mais ideias sobre o Ibovespa).

Danilo Fibo

Tendo por base a analise tecnica e a utilização do volume profile pra identificar possiveis regioes onde houve equilibrio na oferta e demanda, o citado papel vem uma derrocada fulminante, onde caso perca essa regiao que o preço se encontra, as regioes de liquidez fica mais abaixo, em patamares dos 8 a 7,80. A presente analise nao discorrer de nenhuma base fundamentalista, tendo apenas por base o grafico. (Veja o gráfico dinâmico).

Disclaimer: As análises aqui apresentadas são apenas estudos. Elas não são recomendações de investimento, nem de compra nem de venda, tampouco refletem a opinião do veículo de mídia na qual estão sendo divulgadas. São estudos direcionados a pessoas com conhecimento e experiência no mercado financeiro.

Nossos Autores: Felipe FiuzaFilipe RamosJosé Renato CNPI-T 2704 e Danilo Fibo.

Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Próximo Post

Análises para esta quinta-feira VALE3, ITUB4, ALPA4 e BBAS3

Mercado doméstimo pode abrir estressado em com tensões sobre a PEC dos Precatórios em pleno dia de baixa liquidez, feriado de Ações de Graças nos EUA. Confira o que os analistas estão pensando. Filipe Ramos O minério de ferro finalmente fez suporte e decidiu subir. A china não iria poder bloquear a […]
 data-srcset data-srcset