Mercado doméstico ainda casado com a PEC enquanto preocupações com inflação estressam o mercado internacional

TradingView

Semana de divulgações de Índices de Preço ao Consumidor do Brasil, Europa, China e EUA, onde todos apontam uma escalada na perda de valor das moedas. Bolsas reagem negativamente.

Gabriel Fauth

Os preços ao consumidor dos EUA subiram no mês passado no ritmo anual mais rápido desde 1990, consolidando a alta inflação como uma marca da recuperação da pandemia e diminuindo o poder de compra, mesmo com o aumento dos salários. Preços mais altos de energia, moradia, alimentação e veículos alimentaram a sobrecarga do IPC e indicaram que a inflação está se ampliando para além das categorias associadas à reabertura “pós-pandemia”.

Isso não é um fenômeno apenas Americano, na China, a inflação no nível de fábrica no mês passado aumentou mais em 26 anos, enquanto os preços ao consumidor (IPCA) no Brasil aceleraram mais do que o previsto mais um mês, e sabemos bem que o COPOM já contratou uma nova alta de (ao menos) 150bps para Dezembro.

Com o dinheiro perdendo valor temos uma corrida para ativos que reservam valor, vale ressaltar aqui que até o dólar está ameaçado pela inflação nesse cenário. O ativo mais forte para reserva sem dúvida é o Ouro e a demanda por ele já vem crescente desde 2020.

Ouro se mantém acima de USD1800 e deve buscar a resistência em USD1900 onde a região de liquidez começa a minguar. Eu operaria comprado nessa alta realizando as posições conforme os dados de inflação vão saindo. Lembrando que quando mais gasolina, mais fogo.

Resistência de USD2000 é um divisor de aguas para operar no ouro e para a inflação mundial. (Veja análise na íntegra).

Grafistas

MGLU3 subiu forte nos pregões dessa smeana. Temos um case interessante aqui. No diário (direita) não temos certeza se estamos diante de uma reversão. Mas, no 60 minutos (esquerda) a reversão já ocorreu. O canal de alta prova isso.

Sendo assim, quando o swing trader quiser entrar num ativo onde no diário parece reverter, deve fazer sua entrada pelo gráfico de 60 minutos, aguardando correção na MMA 20 e conduzindo o stop por ela. Ações Magazine Luiza reverteu da tendência de baixa para a de alta? No gráfico de 60 minutos sim, no diário não. (Mais sobre Magalu).

Macd Bollinger

Passando-se o pior da pandemia, VALE3 voou, deu aquele salto rumo ao céu, mas e agora, VALE3 , o que vai ser?

Todos contavam com uma China forte no pós pandemia, mas o mercado não contava com as “mazelas escondidas” que a mesma carregava consigo. Diante do cenário extremamente promissor para o Dragão, em que os planos de se tomar a dianteira do mundo capitalista, a China tornou-se a maior compradora da VALE, e a conta, por agora, parece ter chegado aos bolsos da empresa.

Olhando para o gráfico, vemos os preços trabalhando totalmente abaixo das médias, um claro sinal de fraqueza por parte dos compradores, com temores advindos do grande dragão chinês.

Por hora, temos somente mais um suporte, em $ 63,69 para segurarmos essa montanha, e se houver a perda desse patamar de preços, o provável local de parada do mesmo, será na consolidação de pós rompimento de topo histórico, ou que sabe, no primeiro topo histórico do ativo, atingido no longínquo mês de setembro de 2018, na região compreendida entre $48,00 e $ 52,00. (Ideias sobre a Vale).

Nos últimos balaços, a companhia mostrou todo esse empenho nos seus resultados, e o mercado para parabenizá-la foram as compras, fazendo com que o papel valorizasse fortemente, ultrapassando a projeção traçada anteriormente.

Com seus preços acima de todas as médias, com volume financeiro sempre em linha, tenho a ligeira impressão que o destino final será o “Triplo Áureo”, em $ 1.428,30.

Sabemos que para essa subida acontecer de forma saudável, precisamos de um Pull Back, e o mais sensato, é que esse Pull Back seja na média de 21 dias, na região de $ 950,00/970,00.

Caso a média de 21 dias não seja o ponto de Pull Back, um segundo ponto importante seria na região de $860,00/883,00. (Mais ideias sobre TSLA stock).

Filipe Ramos

PO muito recente. Setor que vai sentir a selic (maquinário pesado). Mas o valuation parece ter sido bem abaixo considerando o book value. Market Cap é 24 milhões e a receita tri é 111 milhões. Papel claramente barato. Se mantiver a tendência de margem líquida dos últimos 3 anos (10-15%) papel vai voar. (Veja o gráfico dinâmico).

Auler Andre

Olhando o EWZ, estamos em Tendência de Baixa, será a hora da Reversão? Temos a Média do Volume Ascendente; OBV topos em fundos Ascendente; CMF positivo. Já no IBRX fechamos Fora e Abrimos Fora da Banda Inferior; Temos um SETUP de quando isso acontece o Preço tende Retornar a Média Central ou Superior da Banda de Bollinger

Podemos estar no Fundo da Grota do Índice, mas todo cuidado é pouco. (Veja o gráfico dinâmico).

Disclaimer: As análises aqui apresentadas são apenas estudos. Elas não são recomendações de investimento, nem de compra nem de venda, tampouco refletem a opinião do veículo de mídia na qual estão sendo divulgadas. São estudos direcionados a pessoas com conhecimento e experiência no mercado financeiro.

Nossos Autores: Gabriel FauthGrafistasMACD_BollingerFilipe Ramos e Auler Andre.

Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Próximo Post

Day Trade com a Tendência

Sabemos que a tendência é nossa amiga, nas palavras de Charles Dow. Todavia,  como já ressaltei algumas vezes, a tendência de Charles Dow era baseada em intervalos diários. Isto é, nesse tipo de intervalo, não vamos ver como os preços se comportaram no intraday. Para se operar o intraday, precisamos […]
 data-srcset data-srcset