A bolsa já caiu de mais?

TradingView

Analistas se mostram um pouco mais otimistas após as últimas quedas, apesar de todo o cenário interno. Confira os estudos dos analistas do TradingView.

Grafistas

Ibov confirmou o pivô de baixa no gráfico semanal onde agora é possível utilizar como referência este pivô, a fim de fazermos projeção de fibonacci desta queda, onde se situa na região de 94.420 pontos. Do ponto em que o índice se encontra agora (100.000 pontos) até o alvo, são 6.000 pontos de queda. Indicadores estão alinhados mostrando que a tendência de baixa segue muito forte. ADX (que mede a força da tendência) já está acima de 40 e preços romperam abaixo da média móvel de 200 períodos (média verde), a mais importante média que monitora o longo prazo.

Com queda nas commodities globais, principalmente petróleo e minério, Ibovespa sofre muito, devido aos dois principais papéis estarem atrelados a tais commodities . A alta dos juros reforça o quadro de instabilidade fornecendo ainda mais combustível para a recessão econômica. (Ver o gráfico dinâmico).

Bruno Mazzoni

Hoje compartilho gráfico atualizado do BBAS3, após data “ex” dividendos de junho 22. No gráfico ilustro os principais destinos da cotação para os otimistas e pessimistas. Compartilho também, que o Indicador preço/lucro hoje está por volta de 4.5x e que em 2015, o mesmo indicador indicou um relação de 3x aproximadamente.

Nos dividendos, o BBAS3 , durante governos Lula / Dilma, Temer e Bolsonaro sempre pagou dividendos exuberantes. O menor dividendo anualizado foi em 2017 pagando R$0,80 o Maior foi em 2013 pagando R$2,36 (Ver análise na íntegra).

Pasi Trader

ITSA4 cotação se desvalorizou de forma acentuada nos últimos dias. Após esse movimento, veio testar is R$8,70, que representa uma região de suporte já consolidada. Com rompimento da máxima do Candle do pregão de 14/06, há a sinalização de um movimento comprador, que pode ocasionar a alta do ativo no curto prazo. (Mais sobre ITSA4).

João Paulo Ramos

Embraer confirmou o padrão topo duplo em 22/FEV e atingiu o alvo (R$ 11,36) no dia 13/JUN. Desde então essa faixa de preço vem servindo de suporte para o ativo. Como a tendência é baixista, caso o suporte de R$ 11,36 seja perdido o preço poderá buscar a faixa de R$ 10,25 mais abaixo, fechando o GAP aberto desde FEV/2021.

Se os compradores sobressaírem, o preço poderá testar a faixa de R$ 12,02 para fechar o GAP do dia 10/JUN, antes de testar a LTB (linha branca). Se por ventura ocorrer o rompimento da LTB e o ativo ganhar força, ainda há resistência em R$ 13,02. (Mais sobre EMBR3).

Disclaimer: As análises aqui apresentadas são apenas estudos. Elas não são recomendações de investimento, nem de compra nem de venda, tampouco refletem a opinião do veículo de mídia na qual estão sendo divulgadas. São estudos direcionados a pessoas com conhecimento e experiência no mercado financeiro.

Nossos Autores: GrafistasBruno Mazzoni CNPI-T 2279PasiTrader e João Paulo Ramos

Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Próximo Post

Controlando o Risco das Travas de Opções Straddle

A trava de opções tipo straddle é muito simples; ela combina a compra de calls e puts simultaneamente. Seu objetivo é lucrar tanto em uma forte alta ou forte baixa do ativo. Mas nem tudo que reluz é ouro. Devemos lembrar de que em qualquer negócio, é preferível perder a […]
Um Exemplo de Straddle com opções na Vale3Um Exemplo de Straddle com opções na Vale3