Publicidade

A frase de Charles Dow, “a tendência é tua amiga”, definiu para sempre como se deve operar num mercado de movimentos aleatórios ou incertos. Infelizmente, muitas vezes, a tendência do mercado contraria nosso desejo de operar a qualquer momento, como se o mercado estivesse sempre favorável a nossa pretensão de comprar ou de vender...

Aposentadoria do INSS: Neste texto você descobre, de fato, quanto perde com o INSS e quanto poderia ganhar administrando a sua aposentadoria você mesmo de forma bem simples.

O Saldo das ações a Termo e Saldo das ações Alugadas apresentam um gráfico histórico com essas informações comparado as cotações dessas ações. Esses dados ajudam a identificar melhor as tendências dessas ações, com base nas posições dos Investidores.

O comércio de moedas é um dos mais antigos do mundo e na atualidade o mais ativo e volumoso. Na época do império romano já existiam cambistas trocando moedas. Era comum encontrar esses delaers nas feiras ou onde houvesse aglomerações de pessoas, especialmente...

A Bovespa divulga em seu site a volatilidade histórica dos ativos. Entretanto, para facilitar, criamos esta tabela onde é apresentada a volatilidade histórica dos principais ativos, de forma a permitir as comparações entre respectivos períodos e ativos.

Jesse Livermore talvez seja o especulador mais conhecido do mercado americano. Muitos especuladores já incorporaram as lições dele porque elas são lógicas e fazem sentido. Com muita paciência ele só entrava na hora certa como uma serpente que sabe dar o bote, mas não sai correndo atrás da presa.

Relutamos na hora de escolher uma ação porque existe um conflito mental e natural entre o útil (necessidade) e o agradável (o prazer). O cerne da solução é conciliar os desejos emocionais de tal modo que não contrariem a racionalidade financeira...

O conteúdo exposto aqui, sejam integrantes do Investmax ou não, são apenas opiniões e não são sugestões e indicações de operações. Cabe a cada um fazer sua análise e tomar suas próprias decisões.


Autor Mensagem
domenico

Usuário Senior

139 posts
04/10/2009 18:27:02

Boa tarde,

Estava eu aqui no domingão arrumando algumas formulas que utilizo e me vem a seguinte questão...

Quando faço um lançamento coberto, tm alguma forma(calculadora, formulas ou sei lá oque) que me mostre até quanto é viavel bancar o lançamento coberto com a recompra das opções que lancei, ou o movimento inverso, até quanto posso segurar o lançamento coberto no caso deu ma baixa....

Esse pensamento é utilizado?ou estou viajando?rsrs

Abs

 

Paulo


Respostas [ escrever resposta ]
Danilo

Usuário Senior

452 posts
respondido em 05/10/2009 10:27:56

Olá Domenico,

não, não é viagem, é bem saudável ter principalmente um stop para queda. Stop para alta, apenas se vc quiser manter os papeis.

não existe uma formula para definir esses valores, depende de uma série de fatores além de preferências suas, mas para queda vc pode utilizar o método de valor financeiro ou preço do ativo.


domenico

Usuário Senior

139 posts
respondido em 05/10/2009 11:31:06

Legal, já tenho uma planilha onde coloco os dados vou aplicar minhas idéias nela, vamos ver  como ela funciona.

Abs