Publicidade

A frase de Charles Dow, “a tendência é tua amiga”, definiu para sempre como se deve operar num mercado de movimentos aleatórios ou incertos. Infelizmente, muitas vezes, a tendência do mercado contraria nosso desejo de operar a qualquer momento, como se o mercado estivesse sempre favorável a nossa pretensão de comprar ou de vender...

O processo de escolher uma ação tem uma distinção duvidosa de ser bom ou ruim. A nossa formação religiosa cultural impede de se fazer uma avaliação isenta dos preconceitos que carregamos desde a infância. Por outro lado, os grafistas e fundamentalistas não se entendem. Certo é que, se alguém deseja ganhar dinheiro deve...

Existe uma discussão acirrada entre aqueles que acreditam que a bolsa de valores é um cassino, e os que acham que não. A verdade é que tanto a bolsa como o cassino são bem parecidos por dois motivos; ambos trabalham com probabilidade, e os dois provocam transferência de renda entre os parceiros de negócio. Entretanto...

Quem opera o mercado financeiro e usa gráficos para analisar ativos, sabe como é frustrante determinar a direção dos preços. A confusão emana do desejo de examinar os gráficos em diferentes períodos. Sabemos que um gráfico visto com velas de um determinado tempo, pode indicar uma direção diferente daquela com velas de outro período...

Aproveito a oportunidade para esclarecer que o alinhamento automático serve pra mostrar com mais clareza a direção do mercado...

Nesta nota vamos analisar como num dia de operação o investidor pode aumentar os ganhos num montante que daria inveja a qualquer robot dos “High frequence traders” – jogadores de alta frequência.

Esse indicativo pode nos chamar a atenção para algum ativo com boa formação de suporte ou resistência, criando possibilidades de compra ou venda.

O conteúdo exposto aqui, sejam integrantes do Investmax ou não, são apenas opiniões e não são sugestões e indicações de operações. Cabe a cada um fazer sua análise e tomar suas próprias decisões.


Autor Mensagem
filippo1

Novo Usuário

3 posts
17/09/2009 17:32:15

O indice ibovespa subiu muito nos últimos meses, superando ,até, as espectativas mais

otimistas é realmente ela foi além do esperado, mas como tudo que sobe desce e prevendo uma

exaustão compradora, vislumbra-se para curto prazo uma realização da bolsa, visto que ela já

fez duas ondas está muito perto dela fazer a terceira onda levando-a ,talvez,aos 40 mil pontos.

O que os colegas do forum acham?


Respostas [ escrever resposta ]
Danilo

Usuário Senior

452 posts
respondido em 18/09/2009 07:38:46

Olá Filippo,

Depende de onde vc vai começar a contar as ondas (e o periodo do grafico que está usando)

se considerar desde de 1998, estamos na 5ª onda, numa tendência de alta
se considerar apenas a recuperação desde ano, estamos na 3ª onda
e se considerarmos desde 2007 qdo a crise se iniciou, pode dizer que estamos na segunda onda, e se fosse essa a ser seguida a 3ª deveria ser maior que a primeira, levando os preços a um novo fundo mais baixo que o anterior. Não acho que seja esse o caso.

Eu particularmente não gosto muito do sistema das ondas de elliot por é muito subjetivo, utilizo outros que considero muito mais precisos e objetivos, mas se tivesse que dar meu parecer diria q a primeira que citei é mais precisa.

Anualmente traçamos os principais pontos de suportes e resistência do Ibovespa, clique no link e dê uma olhada, se quiser dê uma olhada tb nos suportes e resistência dos anos anteriores para verificar a eficiência do método.


domenico

Usuário Senior

139 posts
respondido em 20/09/2009 12:02:11

Filippo1, tudo blz?

Cara sinceramente acho pouco provavel o IBOV voltar aos 40 mil pontos.

Segundo acompanhamentos (análises técnicas, pontos de resistencia e suporte), o mais coerente seria 58k.

As análises que o Danilo posta aqui são show de bola.

 

Abs


Danilo

Usuário Senior

452 posts
respondido em 21/09/2009 07:45:16

Obrigado Domenico,

55mil, como foi uma importante resistência do ponto pivot este ano, agora pode ser um importante suporte no caso de uma correção ainda este ano.