Publicidade

Aproveito a oportunidade para lançar uma breve discussão sobre os swaps, uma modalidade de aplicação financeira pouco utilizada no Brasil mas que nos afeta diretamente.  Swap significa troca, nesse caso, de  dois ativos com retornos e riscos diferentes. Atualmente esta havendo uma grande reversão dos swaps de moedas que, de forma célere, revela-se bastante nefasta para muitas economias...

Jesse Livermore talvez seja o especulador mais conhecido do mercado americano. Muitos especuladores já incorporaram as lições dele porque elas são lógicas e fazem sentido. Com muita paciência ele só entrava na hora certa como uma serpente que sabe dar o bote, mas não sai correndo atrás da presa.

Orientações de como calcular o imposto de renda para operações em bolsas. Isenções, forma de cálculo, o que é considerado ganho, o que pode ser abatido...

Relação das empresas com aumento de volume significativo.

Aposentadoria do INSS: Neste texto você descobre, de fato, quanto perde com o INSS e quanto poderia ganhar administrando a sua aposentadoria você mesmo de forma bem simples.

A Bovespa divulga em seu site a volatilidade histórica dos ativos. Entretanto, para facilitar, criamos esta tabela onde é apresentada a volatilidade histórica dos principais ativos, de forma a permitir as comparações entre respectivos períodos e ativos.

Estudo que visa indicar onde estão concentrados os grandes investidores ajudando na direção de posições. Veja a força dos Comprados e Vendidos nas Opções da PETR4

O conteúdo exposto aqui, sejam integrantes do Investmax ou não, são apenas opiniões e não são sugestões e indicações de operações. Cabe a cada um fazer sua análise e tomar suas próprias decisões.


Autor Mensagem
e.cavalieri

Usuário Senior

50 posts
14/05/2009 17:10:55
como sabemos se um ativo está muito ou pouco volatil?
e como fazemos para analisar se o ativo terá muita ou pouca volatilidade no proximo mes?
Respostas [ escrever resposta ]
Danilo

Usuário Senior

452 posts
respondido em 15/05/2009 07:01:44
e.cavalieri,

Estimar a volatilidade para frente é subjetivo, assim como fazemos qdo avaliamos a preço de uma ações, seja pela análise técnica ou fundamentalista.
Algumas pessoas se utilizam de olhar a volatilidade histórica para trás baseada na mesma quantidade de dias que falta para o vencimento, imaginando que o mais provável seja que os próximos dias os ativos tenham um comportamento com volatilidade semelhante aos dias anteriores, ou não muito diferente disso. Evidentemente este método é uma estimativa por aproximação e não garante acertos a todo o tempo, principalmente em casos de mudanças de tendências, etc.
O ideal é vc fazer fazer um histórico com a volatilidade implícita de todas as séries e strikes, com o tempo vc passa a perceber mais facilmente qdo está muito baixo e qdo está muito alto. Vc pode tb se utilizar da VH de 10, 22 e 33 dias (úteis) para fazer comparações.
Uma forma bem segura de se trabalhar com desvio de volatilidade é comparar com outros strikes (da mesma série e ativo), esse procedimento permite ganhos pequenos porém seguros, entretanto um bom conhecimento desse tipo de posições e ferramentas adequadas são importantes.
Volatilidade é um assunto bem extenso sugiro a você que faça um bom curso de opções que aborde bem este tema, como é o caso do nosso.

att.,