Publicidade

Muitos operadores se encantam com os gráficos e com padrões inexistentes ou pouco confiáveis; outros, sufocados pela adrenalina, esquecem de examinar a tendência. Poucos aceitam operar com simplicidade e se perdem em complicações desnecessárias. Enquanto isso...

A Bovespa divulga em seu site a volatilidade histórica dos ativos. Entretanto, para facilitar, criamos esta tabela onde é apresentada a volatilidade histórica dos principais ativos, de forma a permitir as comparações entre respectivos períodos e ativos.

Existe uma discussão acirrada entre aqueles que acreditam que a bolsa de valores é um cassino, e os que acham que não. A verdade é que tanto a bolsa como o cassino são bem parecidos por dois motivos; ambos trabalham com probabilidade, e os dois provocam transferência de renda entre os parceiros de negócio. Entretanto...

Aposentadoria do INSS: Neste texto você descobre, de fato, quanto perde com o INSS e quanto poderia ganhar administrando a sua aposentadoria você mesmo de forma bem simples.

Quem nunca se enganou lendo gráficos de ações ou de outros ativos financeiros, levante as mãos! Enganamo-nos pelo desejo de encurtar caminho. Esse comportamento faz parte da luta inexorável para melhorar a vida o mais rápido possível, mas cometemos erros. A tentativa dos grafistas para inventar padrões gráficos em busca de significados diferentes faz parte dessa...

Este relatório fornece informações de cada Ação da B3 sobre o volume total de contratos e participantes no mercado de opções, permitindo identificar as ações com maior concentração nas opções de compra e venda

O processo de escolher uma ação tem uma distinção duvidosa de ser bom ou ruim. A nossa formação religiosa cultural impede de se fazer uma avaliação isenta dos preconceitos que carregamos desde a infância. Por outro lado, os grafistas e fundamentalistas não se entendem. Certo é que, se alguém deseja ganhar dinheiro deve...

O conteúdo exposto aqui, sejam integrantes do Investmax ou não, são apenas opiniões e não são sugestões e indicações de operações. Cabe a cada um fazer sua análise e tomar suas próprias decisões.


Autor Mensagem
e.cavalieri

Usuário Senior

50 posts
04/05/2009 16:55:20
to postando esse tópico para saber a opnião de voces sobre qual o momento certo de usar cada operação com opção.
quando a volatilidade historica de curto prazo(1mes) da petr4 estiver ACIMA da volatilidade historica de longo prazo(12meses)
devemos montar uma compra de volatilidade(ou boi,bode,venda coberta pelo boi) pois a probabilidade é que o ativo tenho um bom movimento, ou para cima ou para baixo.

quando a volatilidade historica de curto prazo(1mes) da petr4 estiver ABAIXO da volatilidade historica de longo prazo(12meses) devemos montar uma venda de volatilidade(ou vaca,cabra,vaca revertida) ou montar uma operação alvo(borboleta,mesa) pois esperamos que o ativo vai se estabilizar, a probabilidade é que o ativo não vai subir e nem cair muito. essa é a situação atual da petr4 (volatilidade anual: 64,15% e volatilidade mensal:29,88% ).
essa analise é boa ou devemos observar a volatilidade do ativo em apenas uma escala temporal para tomar nossas decisões?
Respostas [ escrever resposta ]
Danilo

Usuário Senior

452 posts
respondido em 04/05/2009 17:30:11
e.cavalieri,

Sua pergunta é bem complexa, e difícil de explicar num fórum; é praticamente metade do curso, a parte mais importante por sinal...

Sim, existe uma relação entre volatilidade de curto e de longo prazo, porem há mt mais por traz a se analisar, não é não simples como vc colocou.

Um Exemplo: qdo a VI está muito baixa, teoricamente não é bom para abrir venda, em teórica, essa situação deveria favorecer operações compradas. Porém esse cenário normalmente se forma depois de uma forte alta com o ativo próximo a topo históricos, ou resistências significativas e preços já sobrecomprados.

Ou seja, o mercado acaba se equilibrando. Mas com mt atenção nessas e outras informações a base em volatilidade é uma boa forma de operar opções. Caso não tenha feito um curso de opções focado em volatilidade, recomendo que faça, é um bom diferencial.

att.,