Publicidade

O mercado financeiro é cheio de contradições. Os conflitos são constantes porque encerram nossos desejos instáveis de atuar como compradores e como vendedores. Enquanto nos outros mercados, os compradores aguardam os preços caírem pra comprar mais barato...

A Bovespa divulga em seu site a volatilidade histórica dos ativos. Entretanto, para facilitar, criamos esta tabela onde é apresentada a volatilidade histórica dos principais ativos, de forma a permitir as comparações entre respectivos períodos e ativos.

Estudo que visa indicar onde estão concentrados os grandes investidores ajudando na direção de posições. Veja a força dos Comprados e Vendidos nas Opções da PETR4

Somos fascinado pelo o sucesso. A força psicológica da vitória é tão grande que exageramos os ganhos e escondemos as perdas nas bolsa de valores e em outros afazeres. Embora a realidade numérica seja outra, pois em todos campos de atividades existem mais perdedores do que ganhadores...

Aproveito a oportunidade para lançar uma breve discussão sobre os swaps, uma modalidade de aplicação financeira pouco utilizada no Brasil mas que nos afeta diretamente.  Swap significa troca, nesse caso, de  dois ativos com retornos e riscos diferentes. Atualmente esta havendo uma grande reversão dos swaps de moedas que, de forma célere, revela-se bastante nefasta para muitas economias...

Existe uma condição atávica, relacionada com a evolução, que se manifesta naquelas decisões que são perigosas, independente de serem boas ou más. Segundo os neurobiólogos, o processo da evolução humana deu prioridade ao desenvolvimento do lado emocional porque, diante do perigo...

O Saldo das ações a Termo e Saldo das ações Alugadas apresentam um gráfico histórico com essas informações comparado as cotações dessas ações. Esses dados ajudam a identificar melhor as tendências dessas ações, com base nas posições dos Investidores.

O conteúdo exposto aqui, sejam integrantes do Investmax ou não, são apenas opiniões e não são sugestões e indicações de operações. Cabe a cada um fazer sua análise e tomar suas próprias decisões.
Boa noite,

Alguem poderia me dizer que operacao eh esta: STRADDLE SINTETICO?

Obrigado.




Danilo (449 posts) respondeu em 19/05/2009 06:50:02
Olá denilsonmlp,

Straddle é uma operação montada com opções onde a estratégia consiste em comprar uma mesma quandidade de call e put (opção de compra e venda, respectivamente) com mesmo valor de exercício. O objetivo é que o ativo se mova com força, ou para baixo ou para cima, qto mais forte for o movimento maiores as possibilidades de ganhos. A vantagem dessa operação é não precisar acertar o lado que o ativo vai, e sim contar com uma forte oscilação, porém a posição perde se o ativo não fizer o movimento esperado e ficar próximo do valor de vencimento das opções.
No caso do Straddke sintetico o objetivo é o mesmo, porém como no brasil não há muita liquidez em put, então fazemos o aluguel do ativo e o vendemos e compramos o dobro de call, isso dará o mesmo efeito lhe custando a mais apenas a taxa do aluguel.

att.,
denilsonmlp (6 posts) respondeu em 19/05/2009 09:20:31
Vamos ver se entendi:

Eu alugo 1000 vale5 que esta proximo de 32 e vendo estas acoes. Em seguida eu compro 2OOO de VALEF32.

Eh isso mesmo?

Muito obrigado.
Danilo (449 posts) respondeu em 19/05/2009 09:31:17
Exatamente.
Dependendo da tendência, estratégia ou objetivo, vc pode optar tb pela F30 ou F34. Cada uma terá uma característica e objetivo diferentes. Normalmente é utilizada a opção no dinheiro mesmo, como vc colocou. Entretanto tb pode-se utilizar ITM, caso este seu objetivo seja focar um pouco mais para uma tendência de alta e OTM se o objetivo for focar mais numa tendência de baixa. Essa opção tb muda a faixa na qual a oposição pode apresentar perda se o ativo ficar parado, ou seja, o strike vc escolher é onde o ativo não deve ficar, pois seria o resultado negativo da operação.

vc pode utilizar o simulador do site para ver como ficam as projeções e simulações nesses casos.

att.,

Ação da Sadia tem maior potencial em fusão com Perdigão,Especulando sobre a confirmação das notícias de que a fusão entre as empresas é iminente, os analistas levaram em conta a informação de que a operação se dará por meio de troca de ações, permanecendo os acionistas da Perdigão com cerca de 70% do capital social da nova empresa.
Relação entre os ativos

Também incorporaram à análise o novo preço-alvo de R$ 39,50 por ação da Perdigão, após a atualização do modelo de valuation pelos resultados recentes, além de novas premissas relativas à taxa utilizada para desconto do fluxo de caixa da companhia. Embora acima do valor teórico anterior (R$ 35,00), a recomendação para os papéis da empresa ainda é de venda.

Por outro lado, os analistas Carlos Albano e Flavio Barcala assumem que o valor das ações da Sadia, como resultado da operação de troca, será estabelecido entre R$ 6 e R$ 7. Neste caso, o upside máximo previsto para os papéis da Perdigão é de 24%, ao passo em que as ações preferenciais da Sadia tem potencial teórico de valorização em até 33%.

Danilo (449 posts) respondeu em 15/05/2009 18:37:12


Do meu ponto de vista, no curto prazo, a Sadia seria mais favorecida.
marsilva2007 (98 posts) respondeu em 23/05/2009 21:44:31
Sdia sem duvida

como sabemos se um ativo está muito ou pouco volatil?
e como fazemos para analisar se o ativo terá muita ou pouca volatilidade no proximo mes?

Danilo (449 posts) respondeu em 15/05/2009 07:01:44
e.cavalieri,

Estimar a volatilidade para frente é subjetivo, assim como fazemos qdo avaliamos a preço de uma ações, seja pela análise técnica ou fundamentalista.
Algumas pessoas se utilizam de olhar a volatilidade histórica para trás baseada na mesma quantidade de dias que falta para o vencimento, imaginando que o mais provável seja que os próximos dias os ativos tenham um comportamento com volatilidade semelhante aos dias anteriores, ou não muito diferente disso. Evidentemente este método é uma estimativa por aproximação e não garante acertos a todo o tempo, principalmente em casos de mudanças de tendências, etc.
O ideal é vc fazer fazer um histórico com a volatilidade implícita de todas as séries e strikes, com o tempo vc passa a perceber mais facilmente qdo está muito baixo e qdo está muito alto. Vc pode tb se utilizar da VH de 10, 22 e 33 dias (úteis) para fazer comparações.
Uma forma bem segura de se trabalhar com desvio de volatilidade é comparar com outros strikes (da mesma série e ativo), esse procedimento permite ganhos pequenos porém seguros, entretanto um bom conhecimento desse tipo de posições e ferramentas adequadas são importantes.
Volatilidade é um assunto bem extenso sugiro a você que faça um bom curso de opções que aborde bem este tema, como é o caso do nosso.

att.,

Qual a diferença das barras em aul e verde?

Enzo MG (7 posts) respondeu em 10/05/2009 20:25:08
satavares
se entendi a tua pergunta sobre venda coberta, essas linhas são as horizontais certo?
assim sendo, observe que nas linhas em destaque os valores de VE: Valor Extrínseco são os maiores e optamos a taxa oferecida naquela data com maior probabilidade de ocorrer.
seja bem vindo.

marsilva2007 (98 posts) respondeu em 22/05/2009 12:59:54
Vc pode tambem trabalha com venda coberta, mas como operador de taxa. Tentando tirar 3 a $5 do mercado, com proteção de 9 a 10 na queda

quando a volatilidade implicita(vi) de uma opção está abaixo da volatilidade historica anual do ativo, podemos concluir que essa opção está com pouca expectativa e está subavaliada?

Danilo (449 posts) respondeu em 09/05/2009 14:26:15
Não necessariamente. Na maioria dos casos apenas a volatilidade esperada pelo mercado para os dias restantes até o vencimento da opção é que mudou.
Para realmente concluir o que mencionou é necessário saber se essa VI está abaixo dessa perspectiva projetada pelo mercado.
e.cavalieri (50 posts) respondeu em 09/05/2009 16:19:59
como fazemos para saber se a VI está abaixo dessa perspectiva projetada pelo mercado até o dia do vencimento?

(VENDA COBERTA)

O COMPRADOR pode exercer antes da data de vencto, se achar oportuno, ou somente no vencto?

Em caso afirmativo: Que defesa o VENDEDOR possue para impedir a perda das ações?

Danilo (449 posts) respondeu em 09/05/2009 14:37:05
1. sim, pode; caso seja o modelo de opção americano.

2. 100% garantido, apenas lançando opções do tipo europeu, onde o exercício só é permitido no dia do vencimento.

Porém mesmo nas opções do tipo americano é muito difícil ser exercido antes, isso pq, normalmente sempre há valor extrínseco no prêmio da oção. Nesse caso há duas possibilidades:
a. se o valor extrínseco estiver negativo (isso é muito raro no mercado, mas as vezes acontece), vc simplesmente recompra as opções lançadas e fecha essa posições, pois não haverá mais nada a esperar até o vencimento.
b. se o valor extrínseco estiver maior e mesmo assim alguém exercer, vc vai lá e simplesmente recompra seus papeis. Você terá ainda a vantagem de ter contabilizado o retorno esperado antes da data do vencimento.

satavares (7 posts) respondeu em 09/05/2009 17:35:55
ok Danilo,

obrigado!!!


Danilo, bom dia
Estou aguardando maiore informações sobre cursos

Att

Danilo (449 posts) respondeu em 06/05/2009 06:51:39
Desculpe-me acho que eu tinha copiado o e-mail errado.

Enviei novamente, veja se vc recebeu, qq coisa só me avisar.

att.,

to postando esse tópico para saber a opnião de voces sobre qual o momento certo de usar cada operação com opção.
quando a volatilidade historica de curto prazo(1mes) da petr4 estiver ACIMA da volatilidade historica de longo prazo(12meses)
devemos montar uma compra de volatilidade(ou boi,bode,venda coberta pelo boi) pois a probabilidade é que o ativo tenho um bom movimento, ou para cima ou para baixo.

quando a volatilidade historica de curto prazo(1mes) da petr4 estiver ABAIXO da volatilidade historica de longo prazo(12meses) devemos montar uma venda de volatilidade(ou vaca,cabra,vaca revertida) ou montar uma operação alvo(borboleta,mesa) pois esperamos que o ativo vai se estabilizar, a probabilidade é que o ativo não vai subir e nem cair muito. essa é a situação atual da petr4 (volatilidade anual: 64,15% e volatilidade mensal:29,88% ).
essa analise é boa ou devemos observar a volatilidade do ativo em apenas uma escala temporal para tomar nossas decisões?

Danilo (449 posts) respondeu em 04/05/2009 17:30:11
e.cavalieri,

Sua pergunta é bem complexa, e difícil de explicar num fórum; é praticamente metade do curso, a parte mais importante por sinal...

Sim, existe uma relação entre volatilidade de curto e de longo prazo, porem há mt mais por traz a se analisar, não é não simples como vc colocou.

Um Exemplo: qdo a VI está muito baixa, teoricamente não é bom para abrir venda, em teórica, essa situação deveria favorecer operações compradas. Porém esse cenário normalmente se forma depois de uma forte alta com o ativo próximo a topo históricos, ou resistências significativas e preços já sobrecomprados.

Ou seja, o mercado acaba se equilibrando. Mas com mt atenção nessas e outras informações a base em volatilidade é uma boa forma de operar opções. Caso não tenha feito um curso de opções focado em volatilidade, recomendo que faça, é um bom diferencial.

att.,

1) comprar a ação
2) lançar opção

É possivel fazer as duas no mesmo dia?

E se a bovespa decidir cancelar a primeira, como fica a opção?

obs: já aconteceu comigo duas vezes!




Danilo (449 posts) respondeu em 04/05/2009 06:11:35
olá satavares,

sim é possível, embora algumas corretoras não permitam, pois as ações têm liquidação em D+3 e as as opções em D+1.

Não é comum haver cancelamento de uma ordem e se já aconteceu com vc duas vezes, pode ser erro da corretora, sugiro qeu troque de corretora.
Comigo nunca ocorreu.

att.,
denilsonmlp (6 posts) respondeu em 18/05/2009 20:34:03
Tenho este problema na minha corretora, e estou pesquisando para encontrar alguma que permita fazer a compra da acao e o lancamento da opcao imediatamente. Voces conhecem corretoras que permitem?
Obrigado.

boa noite,
o que voces acham dessa trava de alta:
comprar petrf26 r$ 4,32
vender petrf28 r$ 3,46
pagando r$ 0,86 por lote
assim teria lucro máximo de r$ 1,14 por lote (2,00-0,86)
com a petrobras acima de 27,66 no dia do vencimento da opção.

observei que a petrf28 está com mais volatilidade implicita do que a petrf26
e tambem a volatilidade de curto prazo da petr4 está abaixo da volatilidade historica anual. e como o tempo está a favor é uma boa opurtunidade para montar operação.
ta tudo certo ou tem algo errado? se tiverem outras ideias de operações para operar vantagens de volatilidade postem aqui
obrigado

Enzo MG (7 posts) respondeu em 03/05/2009 12:58:31
Petr F26 exercício = 25,66
Petr F28 exercício = 26,98
portanto, ganho máximo trava de alta F26_F28 = 1,32
pelos valores de fechamento custo dessa trava = 0,86
ganho máximo, sem as taxas, 53%, ou seja, 1,32 - 0,86 = 0,46
Danilo (449 posts) respondeu em 04/05/2009 05:48:33
olá e.cavalieri,

Sua linha de pensamento foi correta, vc só esqueceu de verificar o valor de exercício dos strikes (que mudam qdo há dividendos na ação). Por isso é bom sempre conferir todas as informações antes de abrir uma posição.

Seu raciocínio sobre volatilidade está correto, porém na sua comparação vc coloca a VH de 12 meses, e a VI deve sempre projetar a expectativa do mercado para os próximos dias até o vencimento. por isso ela pode sempre mudar, e as vezes pode apresentar grandes oscilações. Fato esse que pode apresentar boas oportunidades porém cuidado ao relacionar VH com VI, por isso cuidado ao relacionar as duas, visto que a VH é passado e VI é a expectativa futura do mercado.

att.,

Boa noite,
Com qual corretora vcs mantem parceria?

Abs

Danilo (449 posts) respondeu em 04/05/2009 05:35:21
Capital, em Brasilia.
guigasb (1 posts) respondeu em 04/05/2009 18:23:25
titulo
domenico (139 posts) respondeu em 04/05/2009 18:28:05
Entendi corretamente?
A tiutulo tb tem parceria com vcs?
hoje é a easyinvest
é isso?
Danilo (449 posts) respondeu em 04/05/2009 18:47:47
guigasb e domenico,

não, a Titulo não é nossa parceira no momento, mas vcs podem recomendar dizendo que tem interesse em usar as ferramentas de opções.

att.,
marsilva2007 (98 posts) respondeu em 22/05/2009 13:39:58
Pra mim a melhor corretora analisando custo beneficio é a TOV

Boa tarde, realizei meu segundo lançamento coberto e infelizmente na ápoca não conhecia o site.Realizei a seguinte operação: paguei 300*petr4 = 29,90 , lancei 300*opções petre28 a 1,89....
Pergunta existe alguma forma de rolar ou outra forma utilizada para não ser exercido, sem ter quer recompars as opções?

Abs

Danilo (449 posts) respondeu em 04/05/2009 06:05:48
Domenico,

Mesmo que o exercício seja o objetivo da operação, convém desmontar a operação no dia do vencimento ao invés de deixar ser exercício. Isso devido a tributação, que segundo a legislação os ganhos com VC deve ser tributado como renda fixa. (para mais informações ver site da receita).

Eu, particularmente, não gosto do termo rolagem. Costuma pressupor erroniamente que deve-se trocar uma posição de uma série para outra. Qdo na verdade ao realizar uma nova operação na série seguinte está realizando uma nova posição, e deve-se realizá-la apenas se for um bom negócio e se o cenário for favorável.

veja o exemplo que dei em resposta a outra pessoa aqui no fórum com a mesma dúvida.

att.,

« Anterior Page  1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 Próximo »
tópico normal normal
Muito visitado popular
Exibe sempre no Topo em destaque
Fechado para respostas exclusivo