MULT3: Saldo de Ações Alugadas : análise técnica, como investir na bolsa de valores (Bovespa)

Saldo de Ações Alugadas

MULT3: Saldo de Ações Alugadas

O histórico de saldo alugado de MULT3 pode ser conferido no gráfico e nos dados da tabela abaixos.




MULT3: Saldo de Ações Alugadas (Gráfico)

Os dados deste gráfico ajudam a perceber melhor a tendência de baixa da ação MULT3, visualizando as posições vendidas com base no Saldo Alugado em MULT3. O gráfico apresenta as informações dos últimos 252 pregões (1 ano), quando disponíveis.

MULT3: Saldo de Ações Alugadas (Dados)

Este conteúdo facilitará a definição da tendência e permitir ter mais embasamento e segurança nas suas operações de venda. A tabela apresentará, os mesmos dados que estão no gráfico nos últimos 31 pregões, mas de forma analítica, facilitando a leitura das informações mais recentes.

Consulte o Saldo Alugado de outra Ação.
Seu nome:
Seu E-mail:
Nome do seu amigo:
E-mail do seu amigo:
Sua mensagem (opcional):
Nome: Seu Email: (não será Publicado)
Site: (opcional)
Nofiticar por e-mail novos comentários neste tópico.

 
Publicidade

Publico este de modo que possa ser útil a quem quiser saber mais sobre o tema. O assunto é complexo, mas vou tentar colocar de forma breve, mas extensiva a todos interessados.

Estudo que visa indicar onde estão concentrados os grandes investidores ajudando na direção de posições. Veja a força dos Comprados e Vendidos nas Opções da PETR4

Os investidores estrangeiros representam mais de 50% dos negócios na bolsa de valores B3. Portanto o fluxo de recursos estrangeiros tende a ditar o movimento de uma boa fatia do mercado. Veja a participação nos Contratos Futuros do IBOVESPA

Nesta nota vamos analisar como num dia de operação o investidor pode aumentar os ganhos num montante que daria inveja a qualquer robot dos “High frequence traders” – jogadores de alta frequência.

Relutamos na hora de escolher uma ação porque existe um conflito mental e natural entre o útil (necessidade) e o agradável (o prazer). O cerne da solução é conciliar os desejos emocionais de tal modo que não contrariem a racionalidade financeira...