Estudo de operação com opções de compra: Mesa em VALE5 : análise técnica, como investir na bolsa de valores (Bovespa)

Estudo de operação com opções de compra: Mesa em VALE5

Ricardo Loureiro

Estudo de operação com opções de compra: Mesa em VALE5

Por Ricardo Loureiro
Cilp Invest

Estamos estudando uma operação-alvo com opções de VALE5, acreditando em uma dificuldade do mercado de romper as máximas históricas e ao mesmo tempo havendo espaço para correções de curto prazo sem ainda perder a tendência de alta.

A operação é uma mesa na VALE5, que consiste em uma trava de alta (VALEE48/VALEE50) associada a uma trava de baixa (VALEE54/VALEE56). No momento da montagem, VALE5 encontra-se cotada a 50,50.

Segue o gráfico da operação, obtido a partir do investOpções:

(clique na imagem para ampliá-la)
Mesa vale5

Considerando-se a volatilidade histórica de VALE5 dos últimos 30 dias, de 16,28%, obtemos a probabilidade de lucro da operação de 80,42%, mostrada acima no box à direita do gráfico.

A operação ganha se a ação permanecer entre 48,25 e 55,03 até o vencimento da série E (maio), em 17/05/2010, tendo portanto duração máxima de 30 dias. Ou seja, a ação pode cair 4,45% ou subir 8,97% que ainda estaremos em faixa de ganho. Fora desse intervalo, a chance de perda é de 100% do capital alocado, portanto geralmente usamos em uma operação como essa apenas um valor que podemos perder todo sem afetar o patrimônio (ex.: 1 a 3% do patrimônio total em bolsa).

O topo histórico de VALE5 é 55,40, portanto, a operação ganha em quase toda essa alta, se acontecer.

Abaixo podemos ver a "análise" que o programa investOpções faz da operação, a partir dos valores de montagem e das ofertas de compra e venda do livro de ofertas (o radar interpreta se há lucros para desfazer a operação a mercado).

(clique na imagem para ampliá-la).
analise mesa

Na imagem acima, na coluna "Atual" de "Análise", é mostrado que a trava 1 (de alta) pagou 1,08, e a trava 2 (de baixa), recebeu 0,47. Com isso, temos o spread final de 0,61, que multiplicado por 1000 (quantidade representada no estudo), gera o custo final de 610,00.

Acompanharemos o saldo da operação por esta seção. Caso tenha dúvidas, queira nos contactar.

Ricardo Loureiro
Cilp Invest

Editado em 29/04/2010
O Ibovespa perdeu importante linha de tendência de alta, deixando o humor do mercado um pouco mais negativo para as cotações.
O ativo em questão (VALE5) apresentou queda de 5,56% (de R$ 50,50 para R$ 47,69), mas nossa operação saiu vencedora.
Veja na figura abaixo que a soma dos saldos finais das travas de alta e de baixa que compunham a nossa mesa foi de R$ 290,00 + R$ 430,00 = R$ 720,00.
Como o custo da operação foi de R$ 610,00, o ganho é de 120% em 11 dias.

(clique na imagem para ampliá-la)
Mesa vale5



"As informações contidas nas páginas deste site têm propósito unicamente informativo. Nossas manifestações devem ser compreendidas como OPINIÃO que reflete o momento da análise e são consubstanciadas em informações coletadas que julgamos confiáveis. Porém, alertamos aos usuários que a Investmax não se responsabiliza pela utilização destas informações em suas tomadas de decisão e conseqüentes perdas e ganhos. Não é permitida a comercialização, reprodução, transmissão, aluguel, publicação ou distribuição de parte ou totalidade do conteúdo deste website, mediante qualquer forma ou meio, sem prévia e formal autorização."

Seu nome:
Seu E-mail:
Nome do seu amigo:
E-mail do seu amigo:
Sua mensagem (opcional):
Nome: Seu Email: (não será Publicado)
Site: (opcional)
Nofiticar por e-mail novos comentários neste tópico.

Marcos comentou:

Interessante, e qual o melhor momento pra sair da posição? O melhor é sempre levar até o vencimento?


Ricardo Loureiro comentou:

A posição geralmente exige a passagem do tempo para lucrar, pois estamos vendidos em opções com mais valor extrínseco do que aquelas em que estamos comprados. Ou seja, usualmente levamos até a semana que antecede o vencimento.


DIOGO YOSHII comentou:

Qual foi o valor utilizado para a compra das opcoes? Nao entendi se será necessario a compra do ativo para a utilizacao dessa operacao. Desculpe a ignorancia, mas estou tentando entender como funcionam essas ferramentas de opcoes.


 
Publicidade

Há uma grande discussão nas universidades que já perdura por algum tempo sobre a racionalidade e a eficiência dos mercados. Os temas são complexos e importantes para quem deseja investir e quer saber se o preço de uma determinada ação está alto ou está baixo...

Relação das empresas com aumento de volume significativo.

Quem nunca se enganou lendo gráficos de ações ou de outros ativos financeiros, levante as mãos! Enganamo-nos pelo desejo de encurtar caminho. Esse comportamento faz parte da luta inexorável para melhorar a vida o mais rápido possível, mas cometemos erros. A tentativa dos grafistas para inventar padrões gráficos em busca de significados diferentes faz parte dessa...

Jesse Livermore talvez seja o especulador mais conhecido do mercado americano. Muitos especuladores já incorporaram as lições dele porque elas são lógicas e fazem sentido. Com muita paciência ele só entrava na hora certa como uma serpente que sabe dar o bote, mas não sai correndo atrás da presa.

A Bovespa divulga em seu site a volatilidade histórica dos ativos. Entretanto, para facilitar, criamos esta tabela onde é apresentada a volatilidade histórica dos principais ativos, de forma a permitir as comparações entre respectivos períodos e ativos.