Triângulo de Baixa (descendente) : análise técnica, como investir na bolsa de valores (Bovespa)

Triângulo de Baixa (descendente)

Triângulo de Baixa ou
Triângulo Descentente

Como analisar essa formação gráfica da análise técnica - (curso de análise gráfica)

A formação em triângulo descendente é uma formação tipicamente bearish que se forma numa tendência de baixa.
Em termos de padrão, a formação em triângulo descendente é constituída pelos seguintes elementos:

Clique na imagem para Ampliar
[...TEXTO da IMAGEM...]

Linha Horizontal Inferior: neste gráfico padrão deverão existir pelo menos dois pontos de mínimos que unidos constituem uma linha horizontal. Esses pontos deverão ter uma cotação aproximada e alguma distância entre eles. No período de tempo que os separa deverá existir um ponto de máximo

Linha de tendência de baixa: deverão existir dois pontos de máximos de cotação sucessivamente inferiores no tempo, que unidos constituem uma linha de tendência de baixa

Duração da formação: o período de tempo abarcado por este gráfico padrão poderá ir de algumas semanas até vários meses

Volume: tipicamente, à medida que se vai evoluindo no tempo, o volume vai diminuindo até ao ponto em que surge o ponto de fuga. Nessa situação, se o volume aumentar significa que o ponto de fuga está confirmado.

Preço algo (price target): a partir do momento em que o ponto de fuga se confirma, o preço algo obtém-se subtraindo ao valor da linha horizontal a diferença entre a cotação máxima do triângulo e a linha horizontal

Para melhor compreender estes princípios analisemos o seguinte gráfico:

Clique na imagem para Ampliar
analise grafica, curso, triangulo de baixa, padroes graficos

Os pontos 1, 3 e 5 constituem os mínimos que unidos formam a linha de suporte. A ligação entre os pontos 2, 4 e 6 forma a linha de tendência descendente. Note-se que no momento em que a linha de suporte é penetrada (ponto de fuga), o volume aumenta rapidamente significando que o ponto de fuga não é falso. Em termos de preço algo, após o ponto de fuga, a linha de resistência situa-se nos 36 Euros. A Linha 9 vale sensivelmente 9 Euros. Subtraindo à cotação da linha horizontal (45 Euros) os 9 Euros obtemos o preço algo dos 36 Euros.

Seu nome:
Seu E-mail:
Nome do seu amigo:
E-mail do seu amigo:
Sua mensagem (opcional):
Nome: Seu Email: (não será Publicado)
Site: (opcional)
Nofiticar por e-mail novos comentários neste tópico.

 
Publicidade

Os investidores estrangeiros representam mais de 1/3 dos négocios na bovespa. Portanto o fluxo de recursos estrangeiros tende a ditar o movimento de uma boa fatia do mercado. Veja a participação nos Contratos Futuros do IBOVESPA

Nesta nota vamos analisar como num dia de operação o investidor pode aumentar os ganhos num montante que daria inveja a qualquer robot dos “High frequence traders” – jogadores de alta frequência.

Respondendo a dúvida de um usuário apresentamos aqui algumas dicas para realizar boas operações para Venda Coberta.

Quem opera o mercado financeiro e usa gráficos para analisar ativos, sabe como é frustrante determinar a direção dos preços. A confusão emana do desejo de examinar os gráficos em diferentes períodos. Sabemos que um gráfico visto com velas de um determinado tempo, pode indicar uma direção diferente daquela com velas de outro período...

Esta ferramenta permite escolher as melhores opções para as operações de venda coberta (lançamento coberto - financiamento).